Pastoral do Batismo

A Pastoral do Batismo é uma Pastoral que prepara para o sacramento do Batismo, sinal que, pelo poder do Espírito Santo, nos faz participar da família de Deus, que é a Igreja Missionária, para vivermos como verdadeiros filhos seus, irmãos entre nós. Tem como objetivos, preparar pessoas adultas, principalmente os

continue lendo

Pastoral do Dízimo

O objetivo da Pastoral do Dízimo é ajudar cada cristão a se conscientizar sobre a experiência pessoal com Jesus Cristo e a sua missão como discípulo, missionário, membro da comunidade eclesial. O dízimo manifesta a união da comunidade, é fruto da oração, do trabalho e da vivência litúrgica e catequética.

continue lendo

Pastoral da Liturgia

Pastoral litúrgica é o serviço para animar a vida litúrgica, levando em conta o contexto social, histórico, cultural e eclesial das comunidades, tendo em vista a participação ativa, consciente e plena de todos na celebração, para dela colherem frutos espirituais. A pastoral litúrgica, com a participação da comunidade ou de

continue lendo

Pastoral Social

O que é a Pastoral Social? A Pastoral Social tem como finalidade concretizar em ações sociais e específicas o cuidado da Igreja diante de situações reais de marginalização. Os textos bíblicos destacam em suas páginas alguns rostos que têm a predileção do amor de Deus. São rostos anônimos, os quais,

continue lendo

A Diocese

Em 27 de abril de 1892, com o desmembramento da província eclesiástica do Grão-Pará, da diocese de Belém, foi constituída a diocese do Amazonas. A nomeação do primeiro bispo do Amazonas, o cônego Dom José Lourenço de Costa Aguiar, ocorreu em 16 de janeiro de 1894. Great product significantly since

continue lendo

A Praça

No dia 5 de agosto de 1876, foi desaterrada a praça em frente à igreja. O desnível da entrada da Matriz para a praça Oswaldo Cruz, hoje XV de Novembro, era tão abrupto que foi necessário construir-se uma obra de resguardo, em arcos, à semelhança de um aqueduto. Posteriormente executou-se

continue lendo

A Obra

Dando prosseguimento a ideia levantada pela Câmara Municipal, o então presidente da província, João Batista de Figueiredo Tenreiro Aranha foi quem tomou a iniciativa de obter fundos para a construção da nova igreja. Chegando na cidade em janeiro de 1852, Tenreiro Aranha acabou recebendo as homenagens de boas vindas na

continue lendo

O Incêndio

O incêndio ocorrido no dia 2 de julho de 1850 abalou a sociedade da época. Não restaram documentos, mas os relatos encontrados em publicações não-oficiais referem-se a ele como acidental e teria ocorrido entre 19h e 20h, a partir de um tocha que tinham deixado acesa debaixo do púlpito, depois

continue lendo

Localização

Em 1845 a Câmara Municipal de Manaus autorizou a construção da Matriz no lugar da Campina, que era toda a região que se estendia para o Norte a partir do igarapé São Vicente, hoje, praça General Osório (onde hoje está o Colégio Militar). O local onde está erguida a Catedral

continue lendo